Energia Solar

Na linha das orientações estratégicas Europeias (Set Plan) e das prioridades dos mecanismos de financiamento, a estratégia Nacional de Energia 2020 (ENE 2020) estabeleceu ambiciosos objectivos de “Multiplicar por 10, em 10 anos, a meta actual de energia solar (de 150 para 1.500 MW) …”, “Lançar um amplo programa de microgeração em equipamentos públicos …” e “Simplificar os processos e procedimentos associados à microgeração …”.

De forma a ser possível atingir as ambiciosas metas estabelecidas e outras definidas a nível europeu é fundamental que as institui¬ções do Sistema Científico e Tecnológico Nacional sejam capazes de responder às expectáveis necessidades de parcerias por parte de empresas da fileira da energia solar (promotores de parques solares, tecnólogos, ESCO’s- Energy Services Com¬panies entre outras) em projectos de transferência de tecnologia e de investigação em áreas tão distintas como a avaliação do recurso solar e o desenvolvimento de componentes de tecnologias de suporte nas áreas de solar fotovoltaico, térmico e termoeléctrico.

Neste contexto, e para corresponder a este imperativo nacional, o INEGI desen¬volveu competências nesta área, tendo apostado na formação dos seus quadros técnicos e investido em infra-estruturas e equipamentos especializados, para além de ter estabelecido parceria com os principais actores (nacionais e internacionais) deste sector. O que lhe permitiu, inclusive, ser membro activo de um consórcio promotor de uma central solar termoeléctrica com concentração de demonstração da tecnologia de painéis parabólicos a instalar em Évora para além de disponibilizar, fruto das suas competências, vários serviços de elevado valor acrescentado dos quais se destaca um serviço integrado e modular, que pode ir desde o estudo do recurso solar no local, ao acompanhamento do projeto técnico, à instalação da central e à verificação das condições da sua exploração, podendo mesmo incluir as auditorias energéticas necessárias à viabilização de projetos de mini geração. Um serviço fundamental para garantir o retorno do investimento e as necessárias intervenções, preventivas ou corretivas, que assegurem o máximo rendimento das instalações. Um serviço disponibilizado pelo INEGI em parceria com a Lógica, EM SA.

Para além do referido serviço a oferta do INEGI nesta área contempla ainda:

SERVICOS DE CONSULTORIA
· Avaliação do recurso solar;
· Mapeamento do recurso solar através da utilização de ferramentas de Sist. de Informação Geográfica;
· Estudos de viabilidade tecnico-economica para sustentação de instalação de tecnologias de aproveitamento de energia solar;
· Auditorias energéticas a industria para sustentação de projectos de integração de energia solar para fornecimento de calor a processos industriais.

DESENVOLVIMENTO/OPTIMIZACAO DE COMPONENTES E TECNOLOGIAS DE SUPORTE PARA SISTEMAS SOLARES TERMICOS E TERMOELECTRICOS
· Novos componentes/materiais;
· Novos sistemas de armazenamento de energia térmica;
· Aplicações para a energia solar térmica.

MONITORIZACAO DO FUNCIONAMENTO DE CENTRAIS SOLARES
· Desenvolvimento de correlações entre dados de recurso solar e desempenho de painéis CPV, PV e CSP:
· Configuração remota de painéis solares;
· Desenvolvimento de algoritmos para identificação de problemas relacionados com operação de painéis (nomeadamente PV, CPV e comparação com dados de fabricantes).

Oferta de ID&I
Universidade do Porto
CONTACTOS E LOCALIZAÇÃO
Linkedin Facebook Youtube Twitter
© INEGI 2011 | Política de Privacidade | Ver mapa do Site