INEGI coorganiza curso online dedicado à biomassa no âmbito de projeto transfronteiriço – Inscrições Abertas

06-02-2020
O INEGI coorganiza, entre 14 de fevereiro a 30 de abril, o curso online "BIOMASA-AP: Aspetos económicos, técnicos e ambientais". A iniciativa insere-se no âmbito do projeto transfronteiriço Biomasa-AP, que visa otimizar a exploração e a utilização da biomassa procedente de restos da poda florestal, arbustos, vinhas e produção de kiwi.

A participação é livre, mediante inscrição AQUI.

Tendo como objetivo proporcionar formação no domínio da biomassa e biocombustíveis, o curso oferece aos participantes a oportunidade de analisar esta fonte de energia renovável sob várias perspetivas, desde legislação em vigor a nível nacional e Europeu, aos aspetos económicos e técnicos, bem como os fatores ambientais e socioeconómicos a ter em conta no contexto de aproveitamento de biomassa.

O curso contempla 25 horas de formação, dívidas em três módulos temáticos - aspetos económicos, aspetos técnicos, e aspetos ambientais e socioeconómicos. Conheça o programa completo, AQUI.

TRANFERÊNCIA DE RESULTADOS VAI ALAVANCAR INDÚSTRIA

“A mudança de paradigma decorrente do aumento dos custos e instabilidade dos combustíveis fósseis resultou numa maior procura por alternativas mais eficientes, seguras e amigas do ambiente e os biocombustíveis revelam grande potencial”, explica Vitor Ferreira, responsável pelo projeto no INEGI.

A iniciativa, que arrancou em 2017, junta entidades da Galiza e Norte de Portugal num esforço conjunto para aplicar métodos e tecnologias inovadoras que permitam obter uma utilização energética otimizada da biomassa, caracterizada pela elevada disponibilidade na região e que, em consequência, possui um elevado potencial energético e económico.

O papel do INEGI no projeto prende-se com a otimização dos sistemas de densificação e aditivação dos novos biocombustíveis, e a validação da sua utilização como combustível, ao mesmo tempo que se procura identificar oportunidades de desenvolvimento das tecnologias utilizadas.

A par deste esforço, o consórcio tem vindo a promover iniciativas de transferência do conhecimento científico e tecnológico, sendo este curso uma delas. O objetivo é contribuir para o desenvolvimento da indústria de fabrico de biocombustíveis e de tecnologias de combustão e valorização, bem como impulsionar a utilização dos novos biocombustíveis e das tecnologias desenvolvidas e otimizadas durante o projeto.

O Projeto Biomasa-AP é cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), através do Programa Interreg V-A Espanha-Portugal (POCTEP) 2014-2020.

INEGI
Universidade do Porto
CONTACTOS E LOCALIZAÇÃO
Linkedin Facebook Youtube Twitter
© INEGI 2011 | Política de Privacidade