INEGI participa em projeto focado nas Redes Energéticas Inteligentes

22-11-2017
No passado dia 28 de novembro, realizou-se, no INEGI, a jornada de lançamento do projeto AGERAR – Armazenamento e Gestão de Energias Renováveis em Aplicações Comerciais e Residenciais (programa disponível aqui).

Promovido pelo INEGI, em parceria com as Universidades de Sevilha, Évora e Algarve, a Agência de Energia da Andaluzia, a Agência Regional de Energia do Algarve, o Instituto Tecnológico da Galiza e o Instituto Nacional de Técnica Aeroespacial (Huelva), o projeto AGERAR tem como objetivos o desenvolvimento e a disseminação de soluções de autoprodução, armazenamento e gestão de energia no contexto de micro redes residenciais e em edifícios de serviços.

A pertinência deste projeto surge em linha com os desafios que setor energético tem enfrentado nos últimos anos. Grande parte são causados pela dependência de combustíveis fósseis e respetivo impacto ambiental. Assim, tem-se assistido à penetração em massa das energias renováveis, fundamentalmente de forma centralizada, como meio de responder a esse desafio.

Surge entretanto um novo repto no que respeita à utilização de energias renováveis e que consiste na generalização de uma produção distribuída, onde a geração e o consumo ocorrem no mesmo ponto geográfico. “As vantagens são óbvias com especial enfoque para a diminuição da necessidade de grandes infraestruturas e para a redução das perdas/ineficiências no transporte e distribuição de energia”, salienta Ricardo Barbosa, responsável pelo projeto no INEGI.

A implementação prática do conceito de micro redes apresenta novos desafios nomeadamente para a sua aplicação nos setores residenciais e de serviços, sendo que um dos problemas fundamentais está relacionado com a natureza variável e intermitente da energia renovável (eólica e solar), que não corresponde aos perfis de consumos de energia.

O projeto AGERAR conta com o apoio do POCTEP – Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal e pretende dar resposta a estes desafios.

INEGI
Universidade do Porto
CONTACTOS E LOCALIZAÇÃO
Linkedin Facebook Youtube Twitter
© INEGI 2011 | Política de Privacidade | Ver mapa do Site